terça-feira, 22 de maio de 2018

Mais uma pancada: Governo autoriza aumento de 23,19 % na conta de luz.


O reajuste médio na conta de luz dos mineiros será de 23,19%. Os percentuais foram aprovados na manhã desta terça-feira (22) pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e entram em vigor a partir da próxima segunda-feira, 28 de maio. 
Segundo A Aneel, os percentuais de aumento na conta de energia vão variar de 18,53%, para consumidores residenciais com baixa renda, a 35,56%, no caso das indústrias. 

Veja os percentuais aprovados:


A Cemig atende 8,3 milhões de unidades consumidoras em 774 municípios mineiros. A expectativa da empresa, como mostrou o Estado de Minas, era de um reajuste médio de 25%.

O aumento ocorre por causa da revisão tarifária periódica, feita a cada cinco anos. De acordo com a Aneel, a revisão tarifária periódica "reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos".

Segundo o diretor de Distribuição e Comercialização da Cemig explicou, Ronaldo Gomes de Abreu, as novas tarifas são necessárias por causa do custo da energia do país, mais especificamente o fato de a estiagem e os níveis dos reservatórios. Em dezembro passado, eles atingiram a marca de 20%, a mais baixa da história e o índice levou ao acionamento das termoelétricas.

A Cemig teve um lucro líquido de R$ 465 milhões no primeiro trimestre de 2018 – um crescimento de 35,9% em relação aos R$ 343 milhões registrados no primeiro trimestre de 2017

0 comentários:

Postar um comentário