sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Com preços batendo quase R$ 5, gasolina no sul de minas já é uma das mais caras do país.



A gasolina vendida em algumas cidades do Sul de Minas está entre as mais caras do país. Segundo levantamento divulgado na terça-feira (2) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombusíveis (ANP), o valor médio do litro da gasolina para o consumidor final subiu 9,16% em 2017 e fechou o ano sendo vendido em média a R$ 4,099 nos postos de combustíveis do país.
Segundo levantamento, o preço do combustível varia de R$ 4,39 a R$ 4,99 em 14 cidades da região. Para se ter uma ideia, esse valor só é menor que o preço médio de capitais como Rio Branco (AC), R$ 4,771; Rio de Janeiro, R$ 4,533 e Goiânia, R$ 4,472. Já São Luís (MA) tem o menor valor médio, R$ 3,597.
De julho até o final de 2017, o preço médio da gasolina para o consumidor subiu 16,78%, segundo a ANP. A alta mais acentuada aconteceu em meio ao anúncio da nova metodologia de reajustes da Petrobras e da elevação do tributo sobre os combustíveis. Já o diesel ficou 12,44% mais caro desde a nova política de preços.
Desde o início da nova metodologia, a gasolina acumula alta de 30,03% nas refinarias e o diesel, valorização de 26,68%, segundo o Valor Online. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.
Nesta quarta-feira (3), a Petrobras anunciou nesta quarta-feira reduções de 1,9% no preço do diesel e de 1,4% no preço da gasolina comercializados nas refinarias. Na terça-feira, foi anunciado alta de 0,6% no preço do diesel e recuo de 0,1% na gasolina.



0 comentários:

Postar um comentário