quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Urgente! Modesto Carvalhosa impetrou na justiça do DF, ação popular contra Gilmar Mendes ,em prol do voto impresso

Como O  site Antagonista antecipou, Modesto Carvalhosa impetrou há pouco na Justiça do Distrito Federal uma ação popular contra Gilmar Mendes e Maurício Caldas, diretor-geral da secretaria do TSE, em prol do voto impresso.
Na ação, assinada também por Eduardo Cubas e Luiz Gomes, o grupo requer a suspensão do processo licitatório para a compra de 30 mil impressoras, assim como da audiência pública marcada para amanhã sobre o tema.
Também pede que “seja declarado ilegal e ofensivo à moralidade pública e ao erário público a aquisição de urnas eletrônicas em quantidades parciais que não atendam à totalidade do conjunto dos eleitores na forma da lei 13.165/15”.
E que seja “compelida a União a adquirir impressoras em modelo que se adapte às urnas eletrônicas já existentes”.
Na ação, o grupo sugere que seja ouvido o MPF e os especialistas Diego Aranha e Maria Aparecida Cortiz, sobre a segurança das urnas e modelos econômicos de impressoras, respectivamente.
Confira a íntegra da ação popular.

0 comentários:

Postar um comentário