segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Jovem motociclista do acidente da Palmela morre no hospital de São Lourenço


O motociclista que foi atropelado por um caminhão desgovernado hoje na Palmela, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no hospital de São Lourenço.
O grave acidente aconteceu na tarde desta segunda feira após perder o controle, o caminhão colidiu com uma caminhonete e atropelou o motociclista. O caminhão só parou quando bateu em um barranco na entrada da Palmela.
Entenda o acidente:


O motorista do caminhão perdeu o controle do veículo...



Atingiu a caminhonete...



Em 22 de agosto de 2016, na cidade de São Lourenço/MG, a Polícia Militar Rodoviária de São Lourenço foi acionada para atendimento de uma colisão lateral com vítima fatal na rodovia BR 460, na altura do Km 69.
E atropelou a moto
O condutor do caminhão Ford F600, de cor azul, placas de Carmo de Minas/MG, relatou que transitava com seu veículo no sentido São Lourenço para Carmo de Minas, quando na altura do Km 69, em uma curva escutou um barulho estranho em seu veículo, vindo em seguida a perder o controle direcional. Após este fato adentrou na contra mão de direção, colidindo na lateral esquerda de uma caminhonete MMC L200 Triton, cor prata, placas de Conceição do Rio Verde/MG e posteriormente, colidiu contra uma motocicleta Honda, CG 125, cor vermelha, placas de São Lourenço/MG, que seguia a retaguarda da caminhonete. Após colidir contra a motocicleta chocou seu veículo contra um barranco a esquerda de sua mão de direção tombando-o a sua direita.
O condutor da motocicleta foi encaminhado pela equipe do SAMU de São Lourenço para o hospital de São Lourenço, mas não resistiu aos ferimentos. Os demais envolvidos sofreram ferimentos leves.
A perícia compareceu ao local, que logo após concluir seus trabalhos liberou os veículos, tendo o caminhão sido removido para Pátio credenciado para perícia posterior.

Nós do jornal Polêmica deixamos aqui nossos sinceros pêsames aos familiares e amigos nesse momento de dor. Que Deus conforte seus corações.

0 comentários:

Postar um comentário