quinta-feira, 7 de julho de 2016

Multa do farol começa a valer amanhã (8/07)


Começa a valer a partir de amanhã a multa para quem for pego dirigindo com os faróis apagados durante o dia.
Até então, o uso de farol só era exigido para todos os veículos durante a noite e em túneis, independentemente do horário do dia. Para as motos, o uso das luzes já era obrigatório durante o dia e a noite.
De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a medida será válida para qualquer tipo de rodovia, incluindo as que passam por trechos urbanos e também em túneis com iluminação pública.
Multa e 4 pontos na CNH

O descumprimento será considerado infração média, com multa de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira de habilitação. 
O valor subirá em novembro deste ano, assim como o de outras multas.
O projeto de lei foi proposto pelo deputado Rubens Bueno (PPS-PR), e relatado por José Medeiros (PSD-MT) no Senado.
A indústria da multa

Essa multa vem em um momento em que se questiona a expansão das multas e acessórios empurrados goela abaixo dos brasileiros. São radares escondidos, extintores obrigatórios e que deixam de ser obrigatórios depois de comprados, tomadas de três pinos que não servem para nenhum aparelho, multas inexistentes em locais esdrúxulos e agora a obrigatoriedade de manter acesos os faróis durante o dia. Isso tudo mais parece uma forma do governo arrecadar mais e mais e nada oferecer em troca. Acontece em um momento em que a corrupção se agiganta em nosso país. A indústria da multa parece não ter limites e consequências. Tudo indica que em breve teremos que comprar algum dispositivo fabricado por algum parlamentar, para acender o farol automaticamente. Vai doer no bolso do contribuinte.

                       Por enquanto essa é a solução:


Valor das multas subirá
Antes de ser afastada para o julgamento do impeachment,a "presidenta" Dilma Rousseff sancionou, em abril, medidas que endurecem as punições para infrações de trânsito. O valor das multas subirá entre 52% e 66% em novembro deste ano.
Além disso, a punição para o motorista que for flagrado falando ou "manuseando" o telefone passará de média para gravíssima.
Veja os novos valores:

Infração leve
- De R$ 53,20 para R$ 88,38 (aumento de 66%)
Infração média
- De R$ 85,13 para R$ 130,16 (aumento de 52%)
Infração grave
- De R$ 127,69 para R$ 195,23 (aumento de 52%)
Infração gravíssima
- De R$ 191,54 para R$ 293,47 (aumento de 53%)

0 comentários:

Postar um comentário