terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Saúde - Como limpar os intestinos naturalmente

Os alimentos ricos em proteínas e fibras nos ajudam a limpar o intestino. Depurá-lo promove um bem estar geral, já que melhora muitos aspectos de nossas vidas.
Como limpar os intestinos naturalmente?
O intestino, também conhecido como cólon, acumula muitos dejetos que prejudicam o funcionamento geral do corpo, causando inúmeros problemas se não for limpo, aconselhando-se uma drenagem. Além disso, é preciso conhecer as causas do acúmulo de toxinas para que não volte a ocorrer e evitá-lo tanto quanto possível.

O que saber sobre a limpeza do intestino?

Se a ideia for limpar o cólon ou intestino devido à prisão de ventre ocasional ou leve, basta acrescentar fibras ou ervas para normalizar o trânsito. Mas, isso dificilmente removerá todos os antigos acúmulos pregados nas paredes intestinais. Quem não evacua por três dias seguidos acumula detritos de 15 refeições diferentes.
Limpar o intestino é algo mais do que benéfico para o corpo, já que elimina tudo o que for inútil e obstrui, desde parasitas a um produto ingerido há muito tempo. Uma boa lavagem do cólon e uma dieta adequada poderão limpar o intestino, além de fornecer uma sensação de serenidade interna, melhor sono, respiração e odor corporal, eliminar caroços ou erupções, e também ter outros efeitos tônicos, tais como estímulo das glândulas abdominais ou hepáticas, especialmente do pâncreas. A limpeza intestinal ajuda a melhorar a absorção e assimilação dos alimentos.
Intestino
Os laxantes não são tão bons assim, já que seus ingredientes ativos são mais tóxicos e irritantes do que o próprio alimento. Os métodos naturais mais adequados e confiáveis são lavagens, enemas, ervas ou sais, que são escolhidos após ter certo conhecimento sobre o tema.
Não podemos nos tornar “dependentes” destes métodos e nem usá-los com muita frequência, já que poderemos ter o efeito contrário. A regularidade deve ser consequência natural da reeducação alimentar. Isto significa que não podemos comer de tudo e, depois, uma vez por semana limpar o intestino: não é assim que funciona.
Pode-se consumir alimentos com propriedades “limpadoras” para o cólon, sem ter de praticar as técnicas acima mencionadas.

Receitas vegetarianas para limpar o cólon

Com estas receitas será possível limpar de forma simples e eficiente os intestinos e o sistema digestivo. É preciso apenas mudar a dieta e começar a incluir mais frutas da época, verduras, legumes e sementes secas. O intestino ficará mais limpo e, portanto, também rins e fígado. A saúde melhorará significativamente e, em geral, todos os órgãos.
Uma das melhores receitas naturais de limpeza do cólon é o suco de duas laranjas, sete morangos e três pêssegos em pedaços sem caroço, que fortalecerá também o sistema respiratório e reduzirá a depressão. Bater as frutas no liquidificador e consumir imediatamente, sem coar e em jejum. Repetir diariamente por nove dias seguidos. Após uma hora, é possível tomar o café da manhã.
intestinos3
Por outro lado, existem também ervas que servem para o propósito, tais como:
  • Cáscara sagrada (uva-ursina): utilizada há mais de mil anos, foi introduzida pelos aborígenes do Norte aos espanhóis no século XVI. Tem compostos chamados “antraquinonas” que ajudam nas contrações do cólon, imitando a evacuação. Também serve para eliminar os dejetos em pessoas com sistema digestivo sensível.
  • Plantago psyllium: casca de semente nativa de Índia e Irá. As cascas são usadas na fitoterapia e medicina alternativa e contêm muitas fibras dietéticas solúveis. Devem ser deixadas de molho para formar uma massa gelatinosa ao seu redor, que funciona como vassoura varrendo tudo nas paredes intestinais. Em geral, promove a saúde do cólon.
  • intestinos4
    • Althaea Officinalis (ou marshmallow): esta erva tem sido utilizada desde a Grécia antiga, de onde deriva o nome, já que “altho” significa “cura”. Contém grandes moléculas de açúcar (mucilagem) que têm um efeito calmante sobre as membranas mucosas das paredes do cólon.
    • Cinnamomum Cassia: também conhecida como canela chinesa, é a primeira espécie que entrou na Europa com Alexandre o Grande. Antes, ela foi levada para Egito e Israel. É cultivada por seu azeite, seus brotos e casca no Sudeste da China e tem um grande efeito sobre o sistema digestivo, promovendo a saúde dos tecidos ​​e membranas saudáveis ​​em várias partes do estômago e do cólon.

    Conselhos para limpar o intestino permanentemente

    • Consumir 8 a 10 porções de frutas por semana, escolhendo as que tenham mais fibras, como as frutas vermelhas.
    • Optar por carboidratos de grãos integrais 2-3 vezes por semana.
    • Preferir alimentos que limpam o cólon, a saber, todos os ricos em proteínas e fibras.
    • Evitar doces e gorduras.
    • Polvilhar sementes de linhaça sobre os alimentos.
    • Realizar diariamente atividades físicas (pelo menos 30 minutos de caminhada) e beber muita água (2 litros é o mínimo recomendado).

Dieta para sair da encrenca

Uma alimentação correta e saudável é fundamental para corrigir patologias intestinais e manter esse órgão em equilíbrio. 

A dieta abaixo pode ajudar na recuperação da eubiose intestinal.

CAFÉ DA MANHÃ: Fruta fresca da estação. Uma maçã, alguns figos ou ameixas secas, colocadas de molho num pouco d’água na noite anterior. Beber muita água. Iogurte e coalhada naturais. Evitar os alimentos em que haja mistura de farinhas e açúcar, pois ela acidifica o organismo.

ALMOÇO: Comer apenas um prato; melhor arroz do que macarrão e pão branco; verduras e legumes crus à vontade. Algumas azeitonas pretas.

JANTAR: Comer apenas um prato, sempre com verdura crua. Alternar: frango, peixe, ovos, queijos de cabra ou ovelha, iogurte ou coalhada. Melhor evitar carnes vermelhas. Atenção aos alimentos à base de soja, pois quase sempre fazem parte dos organismos geneticamente modificados (OGMs).

FRUTAS: Melhor quando estão maduras e da estação, mas sempre longe das refeições principais.

DOCES: Reduzir ao máximo; devem ser evitados depois das refeições.

ELIMINAR: Café com leite, leite e laticínios de vaca. Salames, mortadelas, embutidos e laticínios de vaca. Carnes vermelhas. Bebidas com gás, sucos de fruta conservados. Pão branco e mole; melhor o pão integral, ou biscoitos integrais de boa marca.

0 comentários:

Postar um comentário