sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

VAF em São Lourenço cresce acima da média do Estado


O Valor Adicionado Fiscal (VAF) em São Lourenço cresceu 9,45%, enquanto em todo o estado mineiro o crescimento foi de 8,44%. Desde 2009, o valor cresceu 110,70% no Município e 68,46% no Estado. O resultado é devido ao desenvolvimento econômico de São Lourenço e ao trabalho permanente de acompanhamento da Declaração Anual do Movimento Econômico Fiscal (DAMEF).
VAF é um indicador econômico-contábil utilizado pelo Estado para calcular o índice de participação municipal no repasse de receita do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aos municípios mineiros. É apurado pela Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG), com base em declarações anuais apresentadas pelas empresas estabelecidas nos respectivos municípios. E quase 60% do valor do repasse do ICMS ao município é baseado no VAF. No ano de 2014, em São Lourenço, o VAF foi R$ 258.736.380,00 e, em 2015, R$ 283.194.029,00.


0 comentários:

Postar um comentário