quarta-feira, 20 de maio de 2015

Taxista é esfaqueado por adolescentes em São Lourenço


Um taxista de 55 anos foi esfaqueado durante um assalto na noite desta terça-feira (19) no bairro Santa Mônica II, em São Lourenço (MG). Segundo a Polícia Militar, a vítima estava no ponto quando foi solicitada por dois adolescentes. Dentro do carro, um dos menores esfaqueou o taxista e o outro roubou R$ 50 em dinheiro e um celular.
De acordo com os militares, os rapazes fugiram após o roubo. Já o taxista socorrido e levado para o pronto-socorro da cidade. Ele foi atingido no peito e recebeu atendimento médico. Um dos adolescentes, de 16 anos, foi apreendido pouco tempo depois. Segundo a PM, ele deu entrada no mesmo pronto-atendimento com um ferimento de faca na mão.
Conforme conta na ocorrência, o menor foi reconhecido pelo taxista como o responsável pelo roubo. Ele foi levado para a delegacia, ouvido e liberado em seguida. Aos policiais, o adolescente confirmou ter esfaqueado o taxista para roubá-lo e disse ainda o nome do outro adolescente que estava com ele e onde estariam a faca e objetos roubados.
Os militares foram até o local informado pelo adolescente, e localizaram a faca utilizada, o celular e 01 camiseta, que seria do outro adolescente, os quais foram apreendidos. O outro menor não foi localizado. Ainda segundo a PM, o taxista permanece internado, mas o estado de saúde é estável.

O menor foi liberado porque a lei o protege. Agora fica aqui a pergunta: Quem protege o taxista?? Quem protege o cidadão que trabalha e corre o risco de perder a vida pelas mãos desses menores infratores??
Com 16 anos o menor pode votar e escolher os políticos que vão lhe representar, mas não pode ser preso?
Até quando? Quanto sangue mais teremos que derramar dos inocentes para que a sociedade reaja contra os marginais e contra esse discurso podre da esquerda, que os transforma em “vítimas sociais”? Se a vítima fosse parte de alguma “minoria” a reação da turma dos “direitos humanos” seria diferente? Chega de tanto descaso! Chega de tanta inversão moral! Não aguentamos mais!
Estamos falando de vidas humanas, de cidadãos ordeiros que pagam seus pesados impostos e não têm sequer o direito de trabalhar em paz! A cidade está tomada pelos marginais, a violência foi banalizada, e esses moleques matam por nada, por prazer, por diversão, por adrenalina, e claro, com a consciência da impunidade, em boa parte produzida pelo Estatuto da Criança e do Adolescente que transforma galalaus assassinos em crianças indefesas e inimputáveis.
Onde está a liberdade de ir e vir, de trabalhar tranquilamente em sua cidade sem que dois moleques resolvam te esfaquear? Isso é besteira, coisa de liberal chato, de conservador “coxinha”, elitista.
Isso é Brasil !!!!

0 comentários:

Postar um comentário