terça-feira, 19 de maio de 2015

Caps comemora Dia da Luta Antimanicomial



O Centro de Atenção Psicossocial (Caps), da Unidade de Saúde Mental de São Lourenço, comemorou, na nessa segunda-feira (18), o Dia da Luta Antimanicomial. Na parte da manhã, foi feita uma caminhada, com a participação dos usuários empunhando cartazes, até a Praça João Lage. No local, eles fizeram apresentações musicais e de danças. Na parte da tarde, foi realizado um café em família, na sede do Caps, na Estação. Equipes do Caps II e Caps ad III prepararam várias atividades. Foram preparados grupos terapêuticos e uma assembléia com todos os usuários do serviço, com explicações acerca da Luta Antimanicomial. Na quarta-feira (13), com o Caps II, o tema foi “A produção do sujeito no tratamento psiquiátrico”. E, na sexta-feira (15), com o Caps ad III, o tema foi “Além dos muros”, com o objetivo de oferecer aos usuários conhecimentos acerca da reforma psiquiátrica ocorrida no Brasi,l e seus desdobramentos.


O Dia da Luta Antimanicomial, 18 de maio, foi instituído após profissionais da Saúde Mental, cansados do tratamento desumano e cruel dado aos usuários do sistema, organizarem o 1º manifesto público a favor da extinção dos manicômios.




Unidade de Saúde Mental – é a integração de uma rede de atenção às pessoas com transtornos mentais, em substituição aos hospitais psiquiátricos. O Caps II é a porta de entrada dos pacientes com transtornos graves e persistentes. O Caps ad é um serviço especializado,  que atende pessoas com problemas decorrentes do uso ou abuso de álcool e outras drogas. Ele é fundamentado no pressuposto de que o tratamento a usuários de drogas exige condições que respeitem o indivíduo como pessoa, possibilitando sua reinserção social, profissional e familiar.

0 comentários:

Postar um comentário