segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Dívida faz médicos suspenderem atendimento em São Lourenço

Médicos do Pronto-socorro da Santa Casa de São Lourenço decidiram suspender os atendimentos devido aos problemas financeiros que o hospital tem enfrentado. Segundo o hospital, a dívida total da instituição é de aproximadamente R$ 11 milhões, incluindo pagamento de salários. Apenas casos de emergência estão sendo atendidos.
Os médicos fizeram uma carta dando um mês para que os salários fossem pagos. O prazo venceu neste sábado (27) e por isso, eles cruzaram os braços.
Em nota, a diretoria do hospital informou que o secretário de Saúde do município, Mauro Guimarães Junqueira, se comprometeu a repassar R$ 200 mil à instituição, caso o dinheiro do SUS não chegue até a próxima quarta-feira (1º). A quantia deve ser somada a mais R$ 150 mil economizados na Câmara de Vereadores e que já seriam devolvidos ao município.
Os médicos não informaram quando vão voltar com os atendimentos no pronto-socorro.
Crise
Os problemas financeiros do Hospital de São Lourenço têm feito com que os atendimentos ao público sejam reduzidos na entidade. Em julho, faltava dinheiro até para a comida dos pacientes.Já nesta época, doações da comunidade já estavam sendo necessárias para manter a despensa do hospital cheia de mantimentos. Um grupo de voluntários realizou uma campanha que arrecadou cerca de 600 quilos de alimentos. Várias ações e até rifas também estavam sendo feitas para ajudar a entidade.
Hospital tem dívida de R$ 11 mi (Foto: Reprodução/EPTV)                                     Hospital tem dívida de R$ 11 milhões )
O Hospital de São Lourenço é referência na região e atende a uma população de cerca de 36 mil pessoas. Por mês, são cerca de 500 internações e cinco mil atendimentos no pronto-socorro. De acordo com a diretoria do hospital, o prejuízo da instituição é de cerca de R$ 500 mil por mês. Do ano passado para cá, a crise financeira piorou. Um dos motivos é que o repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) não estaria cobrindo as despesas com o atendimento pelo SUS.
O hospital disponibilizou uma conta para quem quiser fazer doações para ajudar e entidade. As doações nos valores de R$ 20, R$ 50 ou R$ 100 no Banco Cooperativo do Brasil, através da agência 5651, conta corrente 4516-0.

0 comentários:

Postar um comentário