segunda-feira, 7 de julho de 2014

Idoso passeia com "esqueleto" da sogra e faz sucesso no sul de MG

"Sogra" faz sucesso entre os moradores, que pedem para tirar fotos
Gabriel começou ainda pequeno a amar os automóveis
Conhecido em toda cidade por sua paixão pelos carros antigos, Gabriel Pereira de Morais, de 83 anos, passou a fazer ainda mais sucesso nos últimos tempos em Pouso Alegre, no sul de Minas. Agora, é comum ver o idoso passeando em seus veículos de outros tempos, ao lado de uma caveira, que ele chama carinhosamente de "sogra".
A brincadeira rendeu fama para Morais, que conta que é uma forma de lembrar se sua sogra verdadeira, já falecida há muitos anos. Ele garante, no entanto, que sempre foi amigo dela e o esqueleto é uma maneira divertida de homenagear a memória da mulher.
— É uma brincadeira, né, não tem nada demais! Ela era minha comadre, eu gostava muito dela, ela tá no céu há muito tempo.

A "lembrança" curiosa repercute no trânsito. Quando ele passa pelos barzinhos de Pouso Alegre, por exemplo, é comum ser parado pelo público, que pede para tirar foto. Buzinando e acenando para os moradores, "seu Gabriel", como é conhecido, não passa despercebido.
Além do amor pela "sogra", o aposentado divide o coração com seus carros antigos. Dono de um Ford 1896, que ele alega ser o veículo mais antigo do País, Morais conta que o amor pelos automóveis surgiu ainda criança, na oficina do pai.
— Eu engatinhava embaixo dos carros na oficina e com nove, dez anos, ajudava meu pai na oficina. Fui criando amor nisso.



Fonte R7

0 comentários:

Postar um comentário