segunda-feira, 12 de maio de 2014

Jair Rodrigues 'conversou' com Elis em último show em São Lourenço

Jair conversa com Elis ...


O Brasil se despediu nesta semana do vozeirão e do carisma do cantor Jair Rodrigues. 
Com energia de menino, Jair Rodrigues surpreende o público: conversa com a antiga parceira Elis Regina - e também com Deus - sobre a hora de partir.
Com energia de menino, Jair Rodrigues surpreende o público: conversa com a antiga parceira Elis Regina - e também com Deus - sobre a hora de partir.
...Convida Elis para o palco

O show começa, e ele está lá no meio dos fãs,No hotel Guanabara, em São Lourenço. Jair Rodrigues morreu dois dias depois desta apresentação, na casa dele, em Cotia, Grande São Paulo, vítima de um infarto.
E se mistura ao público durante o show.

“Para um ser que tinha a alegria que ele tinha, eu acho que não ia combinar nem um pouco ele ficar sofrendo em hospital ou com alguma doença. Acabou sendo de um jeito que combinou com o roteiro da vida dele”, destaca o filho do cantor Jair Oliveira.
Na terça-feira, em São Lourenço, ele estava do jeitinho de sempre: carismático, divertido e com aquele vozeirão. O show foi a atração do 32º Encontro da Feliz Idade, que reuniu gente de quase todo o país.
“Ele falou que estava muito bem, se sentindo muito bem. Ele sentou no colo de uma das senhoras e a cadeira não aguentou os dois”, lembra Daniel Moura, organizador do show.
Em um vídeo , você vê um dos momentos mais emocionantes. Primeiro, ninguém entende nada. Ele diz: “Vem querida. Vem. Senta aí. Gostaria que vocês dessem uma salva de palmas à grandiosíssima amiga Elis Regina”. Jair Rodrigues conversa com Elis Regina, como se a parceira de tantas músicas estivesse no palco.
Os dois estão juntos

“Hoje você está aqui comigo. Eu vou relembrar aquela música que você tanto cantava quando se foi”, ele disse.
No palco, dois dias antes do infarto, o cantor fala sobre a hora de partir, mas do jeito Jair Rodrigues de encarar a vida. “Elis, um grande abraço. Vai com Deus. O homem ‘tá’ te esperando. Fala para ele que eu não quero ir tão cedo lá ‘pra’ cima. Não podemos deixar o samba morrer”.
“Ele era espontâneo, alegre, brincalhão. O que fica agora é um silêncio e com certeza um pouco mais chat”, diz o músico Pedro Mariano, filho de Elis Regina.
Mas no céu, vai ter festa, diz o filho de Elis Regina: “Com certeza o show vai ser muito bom e já está lotado”.
No musical sobre Elis Regina, em cartaz em São Paulo, houve uma homenagem para Jair rodrigues, quinta-feira (8).
“A gente oferece o espetáculo de hoje para Jair Rodrigues, que deve estar lá agora com a Elis, fazendo um pot-pourri excelente”, diz o ator Ícaro Silva.
Três meses atrás, Jair Rodrigues tinha feito uma bateria de exames. Nenhum problema foi identificado.
Jair disse há três semanas a revista ‘Quem’ numa entrevista que ainda será publicada que não tinha medo de morrer: “Nunca tive problema com nada. Esse negócio de medo de morte, tudo. Eu também acredito que, quando chegar a hora, não adianta. Eu vou, você vai e tchau e ‘bença’”.
O organizador do show em São Lourenço, Minas, contou que, naquela noite, no fim da apresentação, Jair brincou com uma enfermeira e pediu para ela verificar a pressão. “Ele falou: ‘Quero mostrar para vocês que eu estou muito bem de saúde’. A enfermeira falou: ‘12 por 8’. Ele falou: ‘Está vendo? Eu estou ótimo”, conta Daniel Moura.
“Ele estava bem, estava um touro”, afirma o filho Jairzinho.
Os filhos, Jairzinho e Luciana, receberam a equipe do Fantástico no sábado (10), na casa onde moravam o pai e a mãe.
Os filhos falam do pai.

“Acho que Deus realmente devia estar triste lá em cima. Ele quis levar a pessoa mais feliz que existia aqui”, diz a filha Luciana Mello.
A mulher de Jair Rodrigues encontrou o marido morto na sauna da casa da família. “Quando ele estava aqui em casa, ele jantava, dava uma descansada e ia para sauna”, lembra Jairzinho.
“Ele achava que era importante para a saúde dele. Ele falava: ‘Não, eu respiro melhor, porque põe os eucaliptos, citronela’”, conta Luciana.
Em uma família de músicos, a homenagem tinha que ser uma música. No dia em que Jair Rodrigues morreu, Jairzinho compôs para o pai.
“Eu falei para mim mesmo, falei assim: ‘Pai, eu vou chorar bastante ainda porque estou sentindo saudade, mas eu não quero ficar chorando e vou fazer para você uma música que fala do seu sorriso’”, conta Jairzinho.




Fonte G1 - Ney WA Videoclip

0 comentários:

Postar um comentário